Mensagens

A estratégia para acabar com os rapazes e as raparigas - Pedro Afonso - Psiquiatra

Imagem
A agenda política do Bloco é promover a ambiguidade da identidade sexual e considerar normal aquilo que, na maioria dos casos, é patológico, pelo que são muitos os perigos desta aberração legislativa.


Já há muitos anos que tem vindo a ser implementada em Portugal (e também noutros países) uma ideologia que se designa por “ideologia do género”. Esta teoria assenta na ideia radical de que os sexos masculinos e femininos não passam de uma construção mental, cabendo à pessoa escolher a sua própria identidade de género (já existem identificadas mais de 30!). Trata-se de um movimento cultural com impacto na família, na política, na educação, na comunicação social e que reclama a utilização de uma nova linguagem.

A Assembleia da República discute um projeto-lei do Bloco de Esquerda que permite a mudança de sexo aos 16 anos e, no caso de os pais se oporem a esta ideia, possibilita que os menores possam intentar judicialmente contra estes. A agenda política do BE é a seguinte: promover a ambigui…

Prioridades à la carte - Alexandre Homem Cristo

Imagem
Capaz de prometer tudo e o seu contrário, este PS de 2019, embriagado pela hipótese de uma maioria absoluta, não é diferente daquele PS de 2009, cuja soberba atirou um país para o abismo.


Em Março passado, António Costa definiu três prioridades para a próxima legislatura: melhorar os serviços públicos, cortar na dívida pública e reforçar o investimento público. Qual é o problema óbvio? Estas três prioridades correspondem aos três mais visíveis fracassos do governo. Desde logo, a dívida pública. Sim, é certo que esta diminuiu levemente em percentagem do PIB (de 128,8% em 2015 para 121,5% em 2018), mas isso deveu-se à conjuntura favorável de crescimento económico (o PIB cresceu), uma vez que, em termos absolutos, a dívida pública real aumentou – desde que o governo tomou posse, a dívida pública está maior em 13 mil milhões de euros. Do lado do investimento público, batem-se recordes negativos e 2019 ficará abaixo do último ano do Governo PSD/CDS – isto depois de, no Orçamento para 2019,

O Famoso Despacho - Ideologia De Género

Imagem
Faço questão de colocar o polémico despacho que estabelece as medidas administrativas para implementação do previsto no n.º 1 do artigo 12.º da Lei n.º 38/2018, de 7 de agosto.

Muito se tem falado dele, apesar da tentativa de "lançarem" em pleno agosto para que passe despercebido à maioria dos comuns.

Ouvi ainda agora na TSF o SE João Costa a dizer que "a história das casas de banho não está prevista no despacho" mas na realidade está, basta ler o art.º 5 n.º3 "As escolas devem garantir que a criança ou jovem, no exercício dos seus direitos, aceda às casas de banho e balneários, tendo sempre em consideração a sua vontade expressa e assegurando a sua intimidade e singularidade."

Que agora percebam que isto é só constrangedor para a maioria, mas não me surpreende vindo do governo que vem, é uma coisa, dizer que não está escrito nem previsto é falso.

Deixo o despacho para que o leiam e retirem as vossas conclusões...eu já tirei as minhas!


Despacho n.º 7247/201…

Ideologia do género e nova lei do Governo

Imagem
Para quê dar a possibilidade, sem tempo de reflexão e amadurecimento, aos menores de mudarem de sexo e nome e depois proibir a sua reversibilidade, obrigando a intentar acção judicial contra o Estado?


Para a nova Lei do Governo, da responsabilidade da agora demitida Catarina Marcelino, apoiada pelo BE e PAN, mudar de sexo passa a ser possivel aos 16 anos, de forma arbitrária, a qualquer português, somente, devido à sua vontade.

Não estamos perante uma questão científica mas sim política! Estamos a falar de um tema que se insere numa ideologia sem qualquer base científica credível, que quer subjugar a ciência, permitindo que as pessoas mudem de nome e sexo, de forma arbitrária, aos 16 anos ou noutra idade qualquer.

Será que a maioria dos eleitores do PS e do BE são a favor desta Lei? Já para não falar na maioria dos Portugueses.

Apresentam uma Lei para auto-determinação do Género mas o que querem mudar no registo cívil é o Sexo. Por isso, importa explicar o que se discute e o que está esco…

As Listas - A Exceção Que Devia Ser Norma!

Imagem
Após o feriado fomos "surpreendidos" com a publicação das Listas Definitivas... É óbvio que foi uma ótima notícia para todos aqueles que até à última semana de agosto costumam viver angustiados sem saber muito bem onde vão parar no mês seguinte, ou mesmo se vão parar a algum lado! No entanto convém referir que esta deveria ser a norma, apresentarem a lista com, pelo menos, 15 dias de antecedência e não uma exceção eleitoralista! Quero aplaudir o timing, mesmo que perceba que a ideia seja a pensar nas eleições e para fazer esquecer o que temos passado nas mãos de quem, atualmente nos governa, mas fazer um comentário à Nota Informativa: A nota informativa devia ter sido totalmente adaptada à data em que foi publicada e não parcialmente! Nomeadamente no seu ponto 9 - Apresentação, não seria mais simples escrever apenas que a apresentação deveria ocorrer até ao 3 dia útil do mês de setembro? Com isso, cada um iria quando pudesse, diluindo a afluência e evitando inúmeras filas que po…

Minorias De Estimação - Continua A Saga Da Ideologia De Género

Imagem
Já aqui tinha tido oportunidade de alertar,Ideologia do género! - Concorda?, que caminhávamos, à imagem de outros países, perigosamente para um caminho que, quanto a mim, é errado, e como podem perceber não é só a mim que incomoda. 
Uma coisa é o respeito pelas opções de cada um de nós, o respeito pelas nossas opções sexuais, sociais e de qualquer espécie, outra coisa bem diferente é "incutir" nas crianças a ideia, errada, de que eles, mesmo biologicamente homens ou mulheres, são construções sociais e que devem ou podem contrariar isso... se quiserem!

Alberto Veronesi _______________________________________________________

No dia em que as casas de banho das escolas forem obrigatoriamente abertas a rapazes e raparigas de todas as idades, as agressões vão escalar e a “pressão dos pares” poderá ser ainda mais perversa.


No dia 16 de Agosto, em pleno Verão e ainda no auge da crise energética, quando parecia ao Governo que ninguém daria por isso, dois seres humanos viventes que até a…

Um Thatcherismo De Fachada Socialista

Imagem
Foi bom os camionistas terem decidido acabar a greve e voltar à mesa das negociações. Provavelmente serão os primeiros a sentirem o alívio por deixarem de ser “os monstros” vilificados por parte da opinião pública, principalmente por dirigentes e militantes socialistas que viram ali, em boa parte devido ao porta-voz Pardal – ou “o Pardal da trotinete” como disse Ana Gomes na SIC Notícias – o início de um movimento de extrema-direita ou uma acção para desestabilizar o país dirigida por Steve Bannon e mais um conjunto de alucinações que podemos dispensar de descrever.

A principal vítima de todo este processo foi o direito à greve. Nada será como dantes. A resposta musculada de António Costa, perante a concordância de todo o seu partido e meia tolerância do resto da esquerda, fará, com certeza, jurisprudência. Um futuro governo de direita tem este precedente para apresentar. Quando António Costa diz, na entrevista ao Expresso, que “no limite pode não haver distinção entre os limites mín…